quinta-feira, janeiro 19, 2006

Ir e vir em seco

Para mim era uma situação normal. Tinha ido fazer um trabalho de reportagem, mas a pessoa que eu devia entrevistar tinha decidido que não havia declarações e manteve a decisão, pelo que eu me vim embora sem nada. Insisti, claro está. E teria vindo embora mais satisfeita se o gravador tivesse sido usado. Mas não foi, paciência, não havia drama.
A contínua que lá estava de serviço é que ficou com pena. Tentou consolar-me. Olhava para mim e levantava os ombros, dava um jeito à cabeça e à boca. A concluir, afirmou: "Menina, que aborrecido, ir e vir em seco. " Eu sosseguei-a. Não era nada do outro mundo, até porque já estou habituada. São coisas que acontecem, ossos do ofício. Ela acenava que sim com a cabeça. Mas acrescentou ainda: "É verdade, mas de qualquer maneira...ir e vir em seco..."

Comments:
Ainda um dia destes ouvi a minha mãe usar essa mesma expressão, ao se referir que tinha saído de casa cedo e que até àquela hora do dia não tinha parado para tomar algo.
 
Os antigos referem-se muitas vezes a "ir e vir em seco" para salientar que na altura em que viveram passaram por muitas dificuldades e que hoje em dia a nossa geração para num barzito para tomar um café e uma sandes, quantas vezes no final do mês pergunto à minha mãe "Vai dar 0.50c para um café???" sópelo gosto de ouvir "No meu tempo quando caminhavamos de casa, íamos e vinhamos em seco!"
 
Olá, boas tardes! Para mim ir e vir em seco, significa que vamos a qualquer lado tentar resolver qualquer assunto e não o conseguimos, daí vamos e voltamos na mesma, "de mãs a abanar" também significa o mesmo!
Gostei desta, quantas vezes vamos e voltamos em seco ao longo da nossa vida? Há muito que não houvia a expressão.
 
Keep up the good work
» » »
 
Keep up the good work video editing programs
 
Postar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!