segunda-feira, novembro 28, 2005

Vem de casa da mãe, boa barriga tem!

É uma história que ouço contar desde pequena. Não sei quem é a personagem principal, apenas que se trata de um rapaz. Chegando a casa da rapariga com quem andava para casar, as pessoas da casa pensavam: "Vem de casa da mãe, boa barriga tem". E posto isto, não lhe ofereciam comida. O pobre do rapaz, lá voltada a casa pensando que aí ia tirar a barriga de miséria. Mas quando lá chegava, constatava que não lhe tinham deixado comida. Porque pensavam assim: "Vem de casa da rapariga, traz boa barriga". E neste empurra andava o rapaz, coitado, cheio de fome de um lado para o outro.
Esta história continua a ser lembrada, sempre que se proporciona uma situação com alguma semelhança. Ainda um dia destes, em casa dos meus pais, recordámos a história e rimo-nos à volta da mesa da cozinha. A minha filha tinha estado em casa da avó paterna e a minha mãe pensava que lá teria jantado, quando na realidade não tinha. Foi o suficiente para contar a história do rapaz que andava com fome, devido a estes pressupostos: "Vem de casa da mãe, boa barriga tem". "Vem de casa da rapariga, traz boa barriga."
Com base nesta mesma história, havia outras rimas, inventadas para ocasiões diversas, como esta: "Vem de casa do rapaz, boa barriga traz." Depois é uma questão de pôr a imaginação a funcionar e inventar outras rimas.
Como é aconchegante estar à volta de uma mesa onde a mínima coisa suscita uma história ou a recordação de um qualquer acontecimento. A rima bate certo neste caso: "Vem de casa da mãe, boa barriga tem". Quando venho da casa da minha mãe, nao só trago sempre boa barriga, como o espítito preenchido, abastecido de novas ou velhas histórias e de ternura.

Comments:
A avó Maria contava a história de um rapaz que "andava para casar" (outra expressão curiosa, fica aqui a sugestão) e ia a casa da noiva e não lhe serviam jantar porque vinha de casa da mãe (Vem de casa da mãe, a barriga boa lhe vem), e ao regressar a casa, também não tinha jantar porque vinha de casa da rapariga (Vem de casa da rapariga, boa lhe vem a barriga). Expressões que ficam na memória e que sabe sempre bem recordar.
 
Halo, cool site.
My site here [url=http://viagra-store.info/]viara[/url].
Buy http://viagra-store.info#viagra cheap.
Bye.
 
Postar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!