segunda-feira, dezembro 13, 2004

Bexiguinhas

Uma das maiores alegrias do meu Natal de antigamente eram as bexiguinhas. Era assim que chamávamos aos balões de soprar. Uma bexiguinha fazia feliz qualquer criança e dava para imensas brincadeiras. Até depois de rebentar, continuávamos a brincar com as bexigas, metendo na boca os restos de borracha, para fazer bexiguinhas minúsculas. Que riqueza era, ser dono de uma simples bexiguinha! Como nos sentíamos afortunadas quando alguém nos oferecia uma!
Nos tempos mais difíceis, era com bexiguinhas coloridas que se enfeitava o pinheiro de Natal. Quando chegava o Santo Amaro e o pinheiro era retirado, as bexiguinhas que tinham sobrevivido eram distribuídas pelas crianças, e arrancavam mais sorrisos de felicidade.
As bexiguinhas ensinaram-me a ser feliz com pequenas coisas. Ainda hoje, a simples memória desse brinquedo dos pobres transmite-me alegria e dou graças por saber o que é ter pouco. Quem sempre teve muito, nem com muito se sente feliz.
E porque é que se chamavam bexiguinhas aos balões? O nome vem da bexiga do porco, que era disputada pela miudagem, no dia da morte do porco. Os rapazes grigavam para ficar com a bexiga do porco, que era dos poucos brinquedos que, com sorte, podiam ter. Com uma pequena cana ou com o troço de um folha de aboboreira, sopravam para encher a bexiguinha, que deixavam depois secar ao sol. Era um brinquedo perfeito.

Comments:
What a great site »
 
Postar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!