sexta-feira, agosto 13, 2004

Vai-te p' Arr'gel

"Vai-te p'Arr'gel". Era isto que a minha avó dizia sempre que estava irritada. Era a sua forma de praguejar. Ouvia-a dizer "Vai-te p'Arr'gel" e ficava logo a saber que tinha surgido alguma contrariedade. Às vezes perguntava-lhe o que queria dizer essa curiosa expressão mas ela não me sabia explicar, ou então não queria.
Um dia, já adulta, encontrando-me a pesquisar factos da história da Madeira, li algo sobre assaltos por parte de embarcações do norte de África, incluindo raptos. Associei a expressão a Argel, como um sítio mau para onde se queria mandar alguém. Era como dizer: "Vai-te para o Inferno".
"Vai-te p'Arr'gel"! É isto que me apetece gritar. O meu computador avariou-se. Como é que eu vou viver sem computador? "Vai-te p'Arr'gel".

Comments:
Que engraçado,a minha avó por vezes usa essa expressão :),nunca tinha pensado,nem perguntado o que significava,mas acho muito engraçado,só não acho muita piada quando sou eu que "vou pra argel" lol
 
Very nice site! »
 
Postar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!